EUA – Trump é alvo da mais grave acusação contra um presidente dos EUA, diz advogado

O presidente Donald Trump está sendo alvo da mais grave acusação contra um chefe da Casa Branca na História dos EUA, segundo o renomado advogado Alan Dershowitz, ex-professor da Universidade de Harvard, desde que a imprensa americana relatou que o republicano teria compartilhado informações confidenciais com Moscou. A denúncia não apenas gerou fortes críticas de democratas e republicanos, mas também intensificou a difícil relação que o presidente mantém com as próprias agências de Inteligência. A Rússia nega as acusações, enquanto Trump defendeu seu direito presidencial de compartilhar informações sensíveis sobre terrorismo e segurança aérea com a Rússia.

Funcionários citados sob anonimato pelo jornal afirmam que as informações compartilhadas por Trump diziam respeito à proibição de notebooks em aviões, e foram transmitidas ao chanceler da Rússia, Sergei Lavrov, e ao embaixador do país nos Estados Unidos, Sergey Kislyak. A informação teria sido passada à Inteligência americana por um país aliado não identificado, com conhecimento das rotinas internas do grupo jihadista, e foi considerada tão importante que não foi transmitida a outros aliados e teve circulação restrita dentro do governo americano.

Para Dershowitz, a gravidade das declarações contra Trump não deve ser minimizada. Segundo o “Washington Post”, que fez a revelação, o país de origem das informações sobre um complô do Estado Islâmico (EI) não autorizara seu compartilhamento. Embora não possa ser considerada ilegal, uma vez que o mandatário tem o poder de reduzir o status de confidencialidade de qualquer informação que receba, a suposta decisão de Trump foi classificada pelo diário como “uma enorme violação da etiqueta da espionagem, que pode colocar em risco uma valiosíssima relação de compartilhamento de informações”.

“Esta é a mais grave acusação já feita contra um presidente no poder. Não vamos minimizá-la. A questão sobre (o ex-diretor do FBI demitido James) Comey agora está no cesto de lixo da História”, escreveu o professor, que atuou por mais de 50 anos em Harvard, no seu Twitter.

O encontro entre o presidente e os representantes russos aconteceu na Casa Branca, um dia depois do anúncio da demissão do diretor do FBI (polícia federal americana), James Comey, que liderava a investigação da agência sobre possíveis ligações entre a campanha presidencial de Trump e o Kremlin.

RÚSSIA: ‘NONSENSE’

Nesta terça-feira, Trump defendeu seu direito presidencial de compartilhar informações com a Rússia. O tema preocupa aliados e deverá ser o pano de fundo da primeira viagem ao exterior de Trump como presidente, que começa na sexta-feira.

“Como presidente eu quis compartilhar com a Rússia (em uma reunião aberta planejada na Casa Branca), o que eu tenho o direito absoluto de fazer, fatos relativos a terrorismo e a segurança de voos. Razões humanitárias, e além disso eu quero que a Rússia aumente sua luta contra o Estado Islâmico e o terrorismo”, escreveu Trump no Twitter, referindo-se ao antigo nome do grupo Estado Islâmico.

O porta-voz do Kremlin, Dimitri Peskov, afirmou, por sua vez, que o caso não merece ser confirmado ou negado, classificando-o de “nonsense”.

— Para nós, isso não é uma questão, é nonsense — disse Peskov. — Não é uma questão que merece ser confirmada ou negada.

Durante meses, aliados dos Estados Unidos se perguntavam com inquietação se podiam dividir com Trump segredos de segurança nacional mais sensíveis. Agora, a poucos dias de sua estreia na cena internacional, o presidente americano abriu novas brechas para mais desconfiança.

— Isso é o que preocupa os europeus — afirmou uma autoridade ocidental à agência Associated Press (AP).

Após visitas importantes à Arábia Saudita, Israel e Vaticano, Trump vai se reunir com alguns dos mais fortes parceiros europeus de Washington em uma cúpula da Otan em Bruxelas e em uma reunião do G7, na Sicília. Alguns dos líderes com quem o presidente se reunirá procedem de países com os quais os Estados Unidos têm acordos para compartilhar informações de Inteligência.
COMPARTILHE
FONTE: oglobo.globo.com/

POSTAGEM: SANDRA SERAFIM

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password