EUA – Morre criança atingida por atirador em escola de San Bernardino (EUA)

Um dos estudantes feridos por um atirador em uma sala de aula de uma escola primária em San Bernardino, na Califórnia, morreu nesta segunda-feira após não resistir aos ferimentos. Dois adultos também morreram em um assassinato seguido de suicídio. Outro aluno foi baleado e está internado em condição estável.

O atirador, identificado como Cedric Anderson, de 53 anos, abriu fogo na sala de aula, matando sua ex-mulher, Karen Elaine Smith, de quem estava separado havia pouco mais de um mês, informou o chefe de polícia de San Bernardino, Jarrod Burguan.

Ele acrescentou que os estudantes não eram alvo do ataque e foram atingidos porque estavam atrás da professora. Um dos alunos feridos, de 8 anos, morreu horas depois no hospital e um colega de 9 anos passou por cirurgia e estava em condições estáveis.

O atirador, que tinha histórico de violência doméstica, recebeu acesso à escola como visitante e manteve sua arma escondida até abrir fogo dentro da sala de aula. A escola não tem detector de metais.

Segundo o delegado Burguan, os mais de 600 estudantes foram retirados do colégio North Park e levados para o câmpus da Universidade de San Bernardino, de onde foram levados a outras escolas para encontrar com suas famílias. Muitos pais reclamaram por ficar sabendo do ocorrido por amigos que moram perto do colégio.

A escola fica a cerca de 16 km de uma empresa que foi palco, há 15 meses, de um ataque terrorista, no qual 14 pessoas morreram e 22 ficaram feridas. Os autores do ataque foram Syed Rizwan Farook e Tashfeen Malik. A cidade registrou ainda um aumento do número de crimes em 2016. Foram contabilizados 62 assassinatos e no ano anterior foram 44 – incluindo as vítimas do atentado terrorista.

COMPARTILHE

FONTE: ESTADÃO

POSTAGEM: SANDRA SERAFIM

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free