EUA – Juiz adia julgamento dos acusados pela morte de Roger Trindade

Em audiência sobre o assassinato do adolescente brasileiro Roger Trindade, 15 anos, na manhã desta quinta-feira, 6, o juiz decidiu por adiar para junho o processo contra os três adolescentes acusados.

Sem revelar o motivo do adiamento, grande parte da audiência desta quinta-feira foi conduzida de modo privado por meio de uma conferência entre o juiz, os advogados dos acusados e um representante do Departamento de Crianças e Famílias da Flórida.

Os acusados foram dispensados pelo juiz da audiência desta quinta e ficou marcada nova audiência para o dia de 2 de junho. De acordo com as autoridades, em junho, os menores, Jesse Sutherland e Simeon Hall deverão decidir se aceitam a oferta de culpa ou se arriscam ir a julgamento. O terceiro e maior de idade, Gouda, poderá receber condenação.

Roger foi espancado e encontrado inconsciente no dia 15 de outubro do ano passado no Central Park, no centro de Winter Park. Ele ficou hospitalizado e morreu dias depois.

A polícia de Winter Park prendeu Jesse Sutherland, Simeon Hall e Jagger Gouda semanas depois do crime. Os jovens ficaram em uma instituição para menores e depois foram colocados em prisão domiciliar, onde encontram-se atualmente.

A família de Roger encontra-se no Brasil e foi representada por um amigo da família. A mãe de Roger, Adriana Thomé, revelou ao GAZETA que a juíza pediu a presença da família no julgamento no dia 2 de junho. Sobre o que espera do julgamento, Adriana acredita que, “por serem réus primários devem pegar pena de no máximo 3 anos”.

“Roger era um filho maravilhoso. Era a terceira vez que ele ia ao parque com amigos. Era um menino bom que não tinha maldade. Morreu por estar no lugar errado e na hora errada”, declarou.

COMPARTILHE

Com informações do WFTV Miami.

POSTAGEM: SANDRA SERAFIM

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free