EUA – Demoras para trâmites migratórios se estendem a anos

as além das novas contratações de juízes, as demoras e os tempos de espera nas cortes de imigração têm chegado a tal ponto que algumas pessoas não terão sua primeira audiência até o final da presidência de Trump, de acordo com uma análise da Universidade de Syracuse publicado esta semana.

O estudo da universidade compara dados do governo até o final de abril deste ano. Um total de 585.930 estão atrasados, e o tempo médio de espera é de 670 dias. Os casos em atraso duplicaram desde 2010, e o tempo de espera varia de tribunal para tribunal. Chicago tem os piores atrasos no país, com uma espera média de 1.820 dias por caso. Uma audiência em um caso de imigração foi marcada para 30 de junho de 2021.

A administração do presidente Trump contratou 125 novos juízes, sob a supervisão do Procurador-Geral Jeff Sessions; destes, 79 já foram empossados. O orçamento recentemente aprovado pelo Senado, no entanto, só prevê o financiamento de 10 novos juízes. Secretário de Segurança Interna John Kelly assinou em fevereiro um documento permitindo imigrantes detidos que viveram nos EUA por menos de dois anos serem deportados sem uma audiência.

COMPARTILHE

POSTAGEM: SANDRA SERAFIM

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free