Triatleta de Ribeirão representará o Brasil em campeonato nos EUA

Rafael Falsarella, triatleta de Ribeirão Preto, será um dos representantes brasileiros no Mundial de Triathlon X-Terra 2018, no Estado do Havaí, nos Estados Unidos. A vaga foi conquistada na última semana, ao vencer a etapa disputada em Ilha Bela (SP), considerada a mais desafiadora do circuito mundial.

“Por causa das subidas e descidas, do terreno acidentado, com pedras, árvores pelo caminho, raízes e buracos, é preciso tomar muito cuidado. Ao mesmo tempo, perder alguns segundos pode definir o campeão e a vaga ao mundial. Fiquei muito feliz”, disse Falsarella, que nadou 1,5 quilômetros em mar aberto, pedalou 25 quilômetros no meio da mata e correu 8.5 quilômetros – entre paralelepípedos e arbustos –, em 3h10min.

Apesar das dificuldades, o ribeirãopretano terminou a corrida praticamente ileso. Apenas um ralado no braço usado para apoiar numa árvore, que evitou uma queda mais feia. “Não tinha jeito. Ou eu ralava o braço todo, ou eu levaria um tombo, correndo riscos mais sérios, até de quebrar a bicicleta ou algum osso”, contou o triatleta.

Vulcões no Havaí não assustam

A série de erupções no vulcão Kilauea não assusta o triatleta de Ribeirão. Embora esta seja a primeira vez que ele disputará o Mundial X-Terra, Falsarella já esteve em Kona em outras oportunidades (2012 e 2017).

A ilha que receberá o X-Terra fica distante do Kilauea, ativo e que tem obrigado os havaianos a deixarem as casas. O campeonato no Havaí ocorre no dia 28 de outubro.

“A prova é disputada em Maui, um pouco distante do Kilauea. Claro que assusta, as imagens impressionam, mas nada que impeça a realização da prova ou deixe algum medo. A maior dificuldade já foi que era chegar até o Mundial”.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free